terça-feira, 28 de maio de 2013

Ácido Úrico

A alimentação é a matéria prima para a construção do nosso corpo. E de fato, as proteínas são os tijolos, responsáveis pela formação de nossas estruturas, assim como os carboidratos trazem energia necessária para os operários desse processo.
Mas como em toda obra, parte desse material tem que ser jogado fora, é nesse momento que entra ação do rim e do fígado, que cuidam o metabolismo e excreção dos compostos do nosso organismo. É preciso que tudo esteja funcionando bem para que a saúde esteja em equilíbrio, e se essa "sujeira" não for eliminada, doenças começam a aparecer. É o caso da chamada GOTA.
Ela ocorre devido ao acúmulo de ácido do úrico no sangue e é capaz de causar uma série de desconfortos articulares, além do perigo do aparecimento de cálculos renais.

PROCESSO DE LIMPEZA

O ácido do úrico é resultado da quebra das moléculas de purina, proteína presente em diversos alimentos por ação de uma determinada enzima, a xantina oxidase. Após exercerem suas funções no organismo, elas são transformadas nesta substância. Boa parte dele permanece no sangue e o restante é eliminado pelos rins.
O problema é que muitas vezes essa substância acumula no sangue, por não ser eliminada de forma adequada, um quadro que é chamado de hiperuricemia. Em algumas pessoas isso causa a formação de pequenos cristais de urato de sódio, que se assemelham a agulhinhas, que se depositam nas regiões mais frias do corpo: as articulações. O processo causa inflamação e dor, e é o que chamamos de Gota, ele também pode se acumular nos rins formando cálculos renais.

LEMBREM-SE: O problema é influenciado pela alimentação, é preciso mudar o cardápio para prevenir ou remediá-lo. E as proteínas são os primeiros alimentos a ficar em xeque.


ALIMENTOS PROIBIDOS
  • Miúdos (coração, rins e fígado).
  • Vitela, bacon e embutidos.
  • Frutos do mar em geral, sardinha, arenque, anchovas, bacalhau, camarão e ovas de peixes.
  • Caldo de bacon em tabletes.
  • Peru.
  • Bebidas alcoólicas, principalmente cerveja.
  • Tomate e molho de tomate.
  • Aspargos, Cogumelos, ervilhas, couve-flor e espinafre.

ALIMENTOS DE CONSUMO MODERADO
  • Ovos. Mas atenção à quantidade: máximo de 3 unidades por semana.
  • Aves. Consumir 80 g (1 filé) por dia.
  • Peixes maiores. Apenas permitida 1 porção por semana (1 posta grande).
  • Leguminosas. (feijão, lentilha), no máximo 1/2 xícara (chá) por dia.
  • Carne de boi. 80 g (1 fatia) por dia.
  • Grãos e sementes. Consumir 1/2 xícara (chá) por dia.

ALIMENTOS PERMITIDOS
  • Cereais e derivados.
  • Leite e derivados.
  • Chás e café.
  • Vegetais.
  • Frutas e sucos.
  • Pão branco/biscoitos de água e sal/bolos secos.
  • Manteiga ou margarina.
  • Condimentos.
  • Sorvete.
  • Arroz, batata e macarrão.

É importante que a dieta, para quem tem gota, seja balanceada por um nutricionista. Ele saberá equilibrar as necessidades de cada um.


Um comentário:

  1. Oie...
    Tem selinho no meu cantinho pra você
    Espero que goste
    Bjus
    http://segredosdaluma.blogspot.com/

    ResponderExcluir