segunda-feira, 24 de junho de 2013

Corrimento Vaginal

DICAS PARA MINIMIZAR ESSE DESCONFORTO

emagrecer é vitória


Secreção que vem da vagina ou do colo uterino, o corrimento pode ser de origem infecciosa, causada por um desequilíbrio da flora vaginal, ou não-infecciosa quando vem com excitação sexual, gestação e alergia.

Dependendo do problema, o corrimento pode ser esbranquiçado ou apresentar cor amarelo-esverdeada.

Além disso, mal cheio, ardência, coceira na região genital, pequenas bolhas e aspecto avermelhado da vagina também são sintomas da doença.

Antes de iniciar o tratamento com antibióticos e via oral e pomadas, é importante procurar ajuda médica para detectar, através de exames, as causas do problema, caso o corrimento não seja tratado de maneira adequada, o problema pode evoluir para infecções no útero, nas trompas e no ovário.


DICA MÉDICA

1- Evite usar frequentemente calças muito justas.

2- Escolha roupas íntimas de algodão em vez de nylon.

3- Quando menstruada, troque o absorvente com frequência.

4- Protetores diários não devem ser utilizados todos os dias. O plástico do absorvente dificulta a transpiração.

5- Procure dormir sem roupas íntimas.

6- Higienize a área genital com sabonetes íntimos.

7- Não segure a urina por muito tempo.

8- Evite papéis higiênicos decorados ou perfumados.

9- Procure um ginecologista caso note alterações de fluxo, cor e cheiro na lubrificação natural da vagina.



Abraços.



(Grupo de discussão: Deixe seus comentários, compartilhem seus pensamentos, idéias e experiências, juntos podemos aprender cada vez mais.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário